O que significa escrever para você

Publicação: 14 de outubro de 2013

Embolou o corpo no cobertor, olhando o cipreste através da janela branca de guilhotina. Deitada na cama, podia ver o corpo verde cinzento de agulhas do cipreste, uma linha de telhas cobertas de musgo e […]

ler mais...

talho doce

Publicação: 13 de julho de 2012

Passava uma perna pelo vão da janela, e ali, cinco metros do chão e o medo de altura, sentia acrobata de picadeiro. Acendia o cigarro, amassado de carregar no bolso, olhava a sombra amarela da […]

ler mais...

vísceras

Publicação: 5 de julho de 2012

Me disse “visceralmente sincera”. Reli as palavras na tela. Reli depois minhas palavras na tela. Procurei o visceral ali, mas só encontrei a matéria prima de todo dia. Pensei. Acho que sou visceralmente eu todo […]

ler mais...

Alguém ai?

Publicação: 29 de dezembro de 2011

a gente grita no escuro e enxerga um vulto no espelho que multiplica infinitas vezes o corredor dentro do vidro.
e o eco retorna, como se o ar estivesse vazio.
na distância, passos. talvez.
 

ler mais...