Conto na Fantástica Literatura Queer

Publicação: 7 de maio de 2012

E meu conto O Carro de guerra do herói foi escolhido para ser parte do volume amarelo da coleção Fantástica Literatura Queer, da Tarja Editorial.

Adoro o jeito como eles apresentam o projeto: “A Fantástica Literatura Queer é a primeira coletânea de contos brasileira dedicada à ficção fantástica queer, ou seja, relacionada ao universo GLS, ou LGBT, ou LGBTTT, ou simplesmente de A a Z. Diversidade é o nosso negócio, e se você pensa que existe alguma bandeira ideológica por trás deste projeto, saiba que não poderia estar mais redondamente certo! Nosso compromisso é com a afirmação, a visibilidade e a comemoração da diversidade sexual e literária!”

Diícil explicar o quanto isso é especial para mim. Em primeiro lugar, porque participar dessa coleção específica é muito mágico. Vivo em um mundo de infinita variedade. Meu pessoal pode não ser vulcano, mas leva a sério o ideal de IDIC – infinita diversidade em infinitas combinações. É como se eu pudesse prestar honras a isso. Erguer essa bandeira de forma ainda mais visível.

Em segundo porque embora eu já tenha sido publicada antes, este é meu primeiro conto fantástico publicado. Embora meu material tenha sempre um pé no surrealismo, ainda é aquela literatura um pouco mais tradicional, não na forma mas na temática. Ter um conto de ficção científica publicado, um conto com naves espaciais, alienígenas, até um tiquinho de technobabble, é como me jogar de vez nessas coisas amadas.

E que venha mais!

 

 

 

 



Categorias Sem categoria

Deixe um Comentário