Exercício de escrita 25- Gambiarra Literária – O que os vizinhos vão pensar?

Publicação: 27 de agosto de 2011

A cortina soluça enquanto o vento invade a sala onde as cartas foram deixadas jogadas de qualquer jeito dentro do estojo e o tabuleiro de gamão está parado no meio de uma jogada, dados lançados. A porcelana fina das xícaras azuis ainda retém o calor do chá que foi servido, e uma página da partitura teima em voar de um lado para o outro no console do piano.

Na rua, a algazarra das carruagens apressadas do fim do dia, a multidão de trabalhadores que volta para suas casas, os meninos molambentos esmolando ou furtando, tudo parece fazer barulho. Dentro da sala, apenas o silêncio, e uma abelha zonza que tenta sair de dentro da cristaleira onde se viu presa sem perceber. Batendo contra o vidro ela sente o perfume das flores espalhadas pelo chão, derrubadas e abandonadas enquanto o jarro que as receberia serve de pouso para a abelha.

Os bastidores sobre o sofá mostram monogramas entrelaçados que ficarão incompletos. Apenas um bordado foge do tema, enfiado entre as almofadas de qualquer jeito, um pássaro azul e triste com mínimas lágrimas de seda escorrendo pelas penas. Uma gota de sangue sujou o tecido, deixando uma das lágrimas cor de rosa.

Há soluços de mulher na escada e um homem gritando furioso.

Enfiado entre as almofadas, quase invisível, um pequeno cartão, ainda com pétalas de flor grudadas na borda, o nome de um cavalheiro e embaixo, o canto esquerdo dobrado com cuidado.

Só a abelha sabia, anotado a lápis no verso, um número de plataforma de trem e um horário.

O exercício – Descreva os objetos em um ambiente, de forma que o jeito como eles estão indiquem uma ação que aconteceu no recinto poucos minutos antes. Tente passar o máximo de informações sobre esse acontecimento sem falar de forma direta o que aconteceu, apenas mostrando os “rastros”.


Tags , ,
Categorias exercício de escrita

Deixe um Comentário