Importância da revisão

Publicação: 28 de janeiro de 2012

Acho que essa é a tecla que eu mais ouvi ser repetida desde que comecei a estudar literatura. Desde o princípio, professores, oficineiros, livros, artigos, falam e falam de novo sobre como é importante revisar.

Fui pegar um conto para publicar aqui, e Zeus tenha piedade, como o bichinho está torto!

A história é boa. Os personagens são bons também. Mas na paranoia de fazer correndo para tentar participar de uma antologia, e no desespero de fazer caber o conto dentro do limite de caracteres, sacrifiquei as coisas erradas. Para piorar, meu teclado falhando no s e no a, criou erros de concordância medonhos em alguns lugares, e sumiu com o sentido de palavras.

Sempre que vejo coisas publicadas online, em blogs, eu percebo que a maioria das pessoas precisava dar mais atenção para como revisam seus textos.

Então deixo aqui alguns pontos que precisamos ter em mente quando relemos nosso material antes de deixar outras pessoas verem o que foi feito:

-Você sabe do que está falando, as outras pessoas não. Suas descrições são claras? A cena que você achou muito louca na sua cabeça pode ser bem fraca no papel se não transmitir os detalhes.

-Faça sua lição de casa. Pesquise o assunto. Wikipédia pra que te quero, nego, no mínimo. A realidade não tem obrigação de parecer verossímil. A ficção tem.

– Peça para outra pessoa ler. Ela vai conseguir enxergar os erros de português e digitação que você não vê (de novo, porque sabe o que deveria estar escrito e seu cérebro VAI te enganar).

– Fuja de adjetivos e advérbios. Eles são como zumbis: você precisa fugir deles e se eles vierem atrás de você,mate os desgraçados impiedosamente.

-Sempre existe uma opção melhor que uma palavra terminada em “-mente” (ex. – “prematuramente” é muito mais feio do que “de forma prematura”). Essas porras empobrecem o texto. (dica do Cláudio Willer, oh master, my master, sobre coisas que eu podia melhorar no meu texto)

-Não tenha dó de mudar as coisas. Não tenha dó do seu texto. Não ache que gostar do seu trabalho não significa deletar e reescrever sem piedade.

-Pense na estrutura do seu texto. Planeje pontos chaves e fique de olho na contagem de palavras.Tenha objetivos e metas – mesmo se for para mudar durante o caminho, ter um mapa não te deixa perdido.

Bom, isso foi só o que eu pensei assim, de cabeça, a partir do meu conto. Teria mais, muito mais.

Quem sabe eu reviso e essa semana o conto não aparece por aqui.

 

 

 

 

 

 


Tags , , ,
Categorias Sem categoria, trabalhando o texto

Uma Resposta para
     “Importância da revisão”

  • Marcos disse: 28 de janeiro de 2012

    Os conselhos são ótimos. Tanto, que senti que eram para mim. O problema todo está na nossa cabeça, na nossa ânsia de “parir” o texto. Já se disse que o escritor é profissional muito parecido com o encantador de serpentes: ele conhece a serpente, sabe que pode manipulá-la, mas não confia na serpente.

Deixe um Comentário